.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Fatos sobre Waldo Vieira que não podemos esquecer


Lazaro Freire - www.voadores.com.br

1 ) Waldo Vieira saia com amigos, contava piadas, era acessível e sociável. Com o tempo, foi deixando de fazê-lo, e se tornando mais radical.

2 ) Waldo Vieira tinha mente aberta, universalista. Com o tempo, sem perceber, foi se fechando mais e mais dentro de seu próprio sistema, ainda que baseado em suas experiências pessoais.

3 ) Waldo Vieira tinha sólidas críticas às estruturas das religiões, que conseguem adeptos através da culpa, da supressão do riso e festividades, da repressão aos questionamentos à própria instituição, da necessidade de frequência rigorosa (é pecado faltar ) e do terror baseado em possessões ou assédios a quem viva uma vida diferente dos preceitos ditados por papas e gurus. Posteriormente e sem perceber, ele próprio criou, palestra a palestra, um rigoroso código de conduta para seus adeptos, que não por acaso os distanciava mais e mais da normalidade e os aproximava da conduta do próprio legislador, utilizando sem querer TODOS os mecanismos das religiões que criticou.

4 ) Waldo Vieira tinha dúvidas, que o levava a pesquisas inéditas, e fazia todos pesquisarem com ele. Com o tempo, foi as substituindo por certezas absolutas que presumem a perfeição, pelo menos quando comparada aos demais mortais. E sem dúvidas, só lhe restava compilar o que já sabia, reunindo adeptos para aprender o que deveria praticar. Sem perceber, deixou morrer as dúvidas filosóficas que fomentam o questionamento e discernimento, e passou entrar no terreno das certezas (dogmas ), que só pode ser ocupado pela religiâo ou pela ciência. Não por acaso, foi buscar caráter científico para mascarar a religião que criou sem querer.

5 ) Waldo Vieira tinha um discurso saudável sobre a sexualidade de cada um. Com o tempo, sua prática ou falta dela passou a determinar, inclusive em livros, o padrão de normalidade dos seus discípulos, chegando a ponto de registrar como "experimento projeciológico" as anotações e justificativas das "duplas evolutivas" que não praticassem o sexo dentro da frequência copiada do guru.

6 ) Waldo Vieira tinha um projeto expansivo, de alcance universal, onde valiam mais seus conceitos aplicados do que o espelhamento de seu comportamento. Com o tempo, a verdadeira prática de sua conscienciologia passou a ser mais e mais dependente do nicho onde ele estava, de seu instituto e dos que o circundavam, sem perceber as irreparáveis perdas que isso trazia de inúmeros companheiros de jornada que adoravam seu trabalho e colaboravam com ele, mas nem por isso queriam ou precisariam viver de acordo com os preceitos ditados pelo fundador. E mais e mais, sua religião passou a ser a dos homens tristes, ou a dos que, tremendamente reprimido pelos pais na infância, se identificavam com a presença de um novo repressor, a lhes dizer a cada encontro ou experimento tudo aquilo que NÃO PODEM fazer.

7 ) Waldo Vieira era bem razoável em muitas coisas, e tinha uma saudável contraparte feminina que, mal ou bem, cumpria um papel regulador. Mas após perder sua companheira e apoiadora, que suicidou-se jogando-se do prédio em meio a traições com discípulas, nunca mais foi o mesmo. Matou-se ela, mas quem morreu nas ruas de Copacabana foi, sem dúvida, um pedaço dele, que imediatamente começou a envelhecer, mesmo estabelecendo uma nova relação.

8 ) Waldo Vieira era bacana. Mas sem perceber, tornou-se um chato. Waldo Vieira era um questionador. Mas sem perceber, se tornou um pastor. Waldo Vieira levava as pessoas à liberdade. Mas sem perceber, conduziu os que ficaram, a uma nova repressão. Waldo Vieira vivia cercado de grandes amigos, livres, diferentes e sinceros. Mas, sem perceber, foi se isolando, ainda que sua solidão fosse acompanhada de milhares que diziam sim. Waldo Vieira, sem perceber, fazia filosofia. Mas, talvez percebendo, preferiu construir uma nova e isolada religião.


E é por essas e outras que um grande amigo meu, que também o conheceu há décadas atrás, costuma dizer brincando: Làzaro, tomara que a gente nunca fique velho, e que os amparadores nos levem antes de caducarmos e começarmos a falar merda, virarmos fundamentalistas e impormos (sem querer ) uma nova religião baseada nas "certezas" e na repressão. E ele me pedia também, há anos atrás, para que se um dia se tornasse assim, pelo amor de deus que EU não deixasse de LHE dar um toque, embora ele soubesse que dificilmente iria querer escutar. Por isso o pedido de desencarnar, para não corromper tudo de bom que já houvesse feito, já que lembram mais de nós pelo que produzimos perto do fim.

Mas estou contando tudo apenas porque gostaria de pedir a vocês o mesmo que meu amigo me pediu há uns dez anos atrás. Porque isso tudo VALE PARA MIM TAMBÈM. Se um dia eu fizer o mesmo, e começar a envelher na velhice, ao contrário do que se deve fazer nela, me avisem também.

"Oh, Deus, permita que eu esteja VIVO no momento de minha morte" (Winnicott )

Lazaro Freire (08/01/2010)

Um ex-adolescente que juntava trocados de mesada e shows em BH para ir regularmente ao Rio só para ouvir algumas palestras do Waldo Vieira. Até um dia em que tomou coragem, foi conversar mais de perto com ele, e ao fazer uma pergunta procedente levou um grande esporro, me lembrando na frente dos demais que essa resposta já estava no livro dele, que era bem caro para os meus padrões. Percebi que se tratava de uma Bíblia em potencia, que já tinha um pastor em ato. E olha que nem havia ainda o livro branco...


Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/audio-video/waldo-vieira-e-os-erros-de-kardec/135/#ixzz2dpP1r9E0


Waldo Vieira vem estrelando o YouTube e, entre uma historieta e uma novela, resolveu contar que o André Luiz não é o Faustino Esposel e, sim, o Carlos Chagas. Faz sentido. Pela própria internet, em livros e entrevistas ele já disse que:
    - Jesus-Cristo encarnou como uma mulher judia.
    - "Jesus reencarnará ainda outras vezes para despojar-se do psicossoma".
    - Jesus é um "serenão", tanto quanto Eurípedes Barsanulfo e outros. ("Serenão" e "serenona", em terminologia inventada na "Waldópolis" de Foz do Iguaçu, são seres altamente evoluídos).
    - Jesus-Cristo prejudicou o cristianismo devido ao excesso de resignação. 
    - Jesus-Cristo é um “teólatra populista inamovível”, um “catequista inveterado e fanático” um “rezador de retiros espirituais”, um “autopromotor da autoidolatria cega”, um “doutrinador e repressor acrítico”, um “sectarista ginecófobo apaixonado”.
    - "Tento discernir com lógica, com bom senso, além das palavras ensinadas por ele" (Jesus).
    - "Não existe a Ciência Espírita".
    - “Pobre do homem que se deixa levar pela religião.”   
    - "O Livro dos Espíritos contém: arcaísmos óbvios, termos obsoletos, expressões inadequadas, comparações errôneas, repetições desnecessárias, divergências de linguagem, influências religiosas dos meados do século XIX, assuntos superados, contradições aparentes, absurdos científicos ante a ciência atual".
    - Santo Agostinho e São Luiz eram "guias cegos".
    - O erro de Allan Kardec foi "apelar para Jesus-Cristo".
    - A Codificação foi "escrita às pressas".
    - O espiritismo é uma superstição e Kardec já está superado.
    - "O espiritismo só serve para consolar as pessoas; a conscienciologia está aqui para instruir as pessoas".
    - “A conscienciologia já deixou para trás e ultrapassou, há muito tempo, o espiritismo, e oferece muito mais cabedais.”
    - “O espiritismo é uma seita que inventa muitas coisas.”
    - O espiritismo “é um estágio pré-natal”, “estreito demais”.
    - Mediunidade “é um pré-maternal, uma bobagem”.          
    - Na "Waldópolis" de Foz do Iguaçu vige uma divertida terminologia própria, inventada para substituir encarnação, desencarnação, desdobramento, perispírito, etc. (Em psicologia, dá-se ao distúrbio o nome de síndrome de Asperger).
    - Estava cansado do Chico, “tão frágil, tão suscetível, tão chorão” e do seu “populismo” das sopas diárias.
    - Chico Xavier fraudava nas sessões de materializações, cujos frascos de perfume foram encontrados escondidos num armário. O Chico chorou muito na ocasião do flagrante (Encontrados pelo próprio Waldo). 
    - As fotos das materializações de Uberaba, em 1964, foram manipuladas. 
    - Chico Xavier mistificava nas mensagens recebidas nas reuniões públicas com recados de familiares e de amigos ali presentes, cujos dados ele obtinha, antes, junto aos parentes. 
    - Quando em viagem aos EUA, Chico Xavier não queria voltar para o Brasil e foi dissuadido a não abandonar a missão. (Dissuadido pelo Waldo.)
    - Chico Xavier saiu de Pedro Leopoldo em meio a um grande escândalo e foi ajudado financeiramente pelo Waldo. (A história da saída do Chico foi mesmo muito desagradável, mas está sendo maldosamente escandalizada pelo Waldo.)    - O livro Há 2.000 Anos é uma ficção.
    - Recebia André Luiz muito antes de conhecer Chico Xavier.
    - Foi quem revelou para o Chico Xavier quem era o André Luiz. (O próprio Chico contou e publicou que foi apresentado ao André Luiz antes de iniciar a psicografia de Nosso Lar.)
    - Nega tenha sido o poeta inglês Robert Browning, a despeito de pesquisa do insigne pesquisador Hermínio Corrêa de Miranda.
    - Diz-se agora a reencarnação de Nostradamus.
    - Esteve na Revolução Francesa. Conheceu Jean-Jacques Rousseau que, a partir de 1982, tornou-se adepto da conscienciologia.
    - Reencarnou na China várias vezes. (A China agora é potência mundial; todo mundo quer ser chinês...).
    - É a reencarnação de Zéfiro, guia familiar de Allan Kardec. (Se dizem que Chico Xavier é Allan Kardec, melhor e mais importante é ser o guia de Allan Kardec.)
    - Ficou trezentos anos sem reencarnar, estudando na espiritualidade.
    - André Luiz é Carlos Chagas.
Faz sentido. Tudo faz sentido.  
(Nota: os parênteses são meus.)

48 Comentários:

  • Por favor, assista às últimas tertúlias públicas do Prof. Waldo Viera. Se não se dissuadir de suas opiniões tão parciais, pelo menos vai poder se retratar acerca da falta de humor ou eventual sisudez de Waldo. Embora eu respeite muitíssimo renomados médiuns espiritas que são, esses sim, sérios, fechados, compenetradíssimos na tarefa da consolação que, de fato, tão dedicadamente desempenham, não posso dizer que sejam mais expansivos que o Prof. Vieira ! Conscieciologia não é religião!! Leia um pouquinho sobre o assunto.
    Atenciosamente,
    Isabelle

    Por Blogger Unknown, às 4 de maio de 2014 06:38  

  • "tomara que a gente nunca fique velho, e que os amparadores nos levem antes de caducarmos e começarmos a falar merda"

    Você e seu amigo é tudo aquilo que não precisamos, pessoas como vocês é o que mais tem por aí. Uma pessoa que gasta tempo e energia pra 'atacar' outro, seja por qual razão for só vejo uma coisa... você não precisa ficar velho pra falar merda.

    Por Blogger Paula Daniela Silva, às 3 de junho de 2014 09:49  

  • Olha gente, meu nome é patricia lourdes e se existe uma pessoa nesse mundo que conhece o waldo e as instituições dele a fundo sou eu. ELE É UM FARSANTE E DESLUMBRADO. GARANTO estive por anos dentro daquela instituição e tenho muito a contar para quem quiser ouvir. É FANATISMO SIM. RELIGIAO DITATORIAL DISFARCADA DE CIENCIA. SÓ EU SEI O QUANTO SOFRI ALI DENTRO VEM BUSCA da Perfeição Dos líderes. Só eu sei o quanto de dinheiro doei e gastei para fazer cursos e para ajudar as obras. Qualquer dia escreverei tudo que vi e vivi ali dentro. Cuidado com o Waldo. Ele chega a ser perigoso. Sei do que falo.

    Por Blogger PATLOU, às 22 de junho de 2014 06:34  

  • Vc esqueceu de mencionar algumas coisa no teu texto. Pra uma pessoa comum que está apenas avaliando a conduta de outra pessoa do mesmo ponto de vista, o comum, vc pode até estar correto, mas observando que o Waldo Vieira é uma pessoa que mata a cobra e mostra o pau, ou seja, te ensina de fato a desenvolver a paranormalidade de maneira sadia, e que a cada década ele tem estado mais maduro e melhor em relação a todos os assuntos que ele aborda, daí o teu ponto de vista está completamente equivocado. Qualquer profissional, seja ele qual for, quanto mais se especializa naquilo, melhor fica, e também mais técnico e sério fica, pois quanto maior o conhecimento, maior a responsabilidade. O problema que vc tem é querer tudo do teu jeito, vc quer continuar vivendo na tua zona de conforto, e que esses assuntos apenas tomem uma pequena parte do teu dia e não interfiram em nada nas outras coisas que vc faz, muito menos te faça tomar uma outra postura perante a vida, então vc não está procurando evolução, vc apenas quer se sentir quites com seus compromissos espirituais, procura uma igreja, ela se adapta melhor aos teus anseios.

    Por Blogger Shake, às 25 de junho de 2014 09:40  

  • PATLOU ou Patricia Lourdes. Estou curioso para ouvir os teus relatos. Poderia nos contar por gentileza? Não nos prive das tuas experiências.

    Por Blogger Shake, às 25 de junho de 2014 10:09  

  • nossa e tem gente que realmente defende o "barbudex" com unhas e dentes, que coisa, será que não se percebe o tamanho da insanidade do cidadão?

    Por Blogger nildo cobra, às 25 de julho de 2014 16:06  

  • Só sei de uma coisa, religião nenhuma presta, nenhuma delas liberta, alias, tornam as pessoas refém por mais manso que seja o discurso de seus ministros e gurus... estudem, olhem para a história humana, qual foi/é o legado da religião?

    Por Blogger Rozinaldo Duarte, às 9 de agosto de 2014 18:31  

  • quanta besteira ! uashusahu

    Por Blogger Lucas, às 25 de agosto de 2014 12:13  

  • Waldo Vieira pela forma como fala, os termos que utiliza, a postura que tem e a maneira como denigre Chico Xavier, Kardec e o próprio Jesus Cristo só pode ser um anti-cristo. Religiões à parte, esse homem é uma pessoa mal resolvida cheia de ego ferido.
    Já agora, tenho assistido no youtube aos vídeos do Wagner Borges e gosto bastante dele, sei que estudo com o Waldo Vieira, mas tem uma atitude bem diferente deste.
    Só digo que é preciso ter cuidado com "self made gurus", os falsos profetas dos tempos modernos.

    Por Blogger Ellie, às 29 de agosto de 2014 13:45  

  • Waldo Vieira pela forma como fala, os termos que utiliza, a postura que tem e a maneira como denigre Chico Xavier, Kardec e o próprio Jesus Cristo só pode ser um anti-cristo. Religiões à parte, esse homem é uma pessoa mal resolvida cheia de ego ferido.
    Já agora, tenho assistido no youtube aos vídeos do Wagner Borges e gosto bastante dele, sei que estudo com o Waldo Vieira, mas tem uma atitude bem diferente deste.
    Só digo que é preciso ter cuidado com "self made gurus", os falsos profetas dos tempos modernos.

    Por Blogger Ellie, às 29 de agosto de 2014 13:45  

  • Argumentos bem colocados no texto. Conheço a Conscienciologia, e sem o objetivo em questionar a realidade extrafísica, pois tive minhas experiências, venho colocar mais pontos de esclarecimento e antes de tudo são criticas construtivas.
    Primeiro, noto que a Conscienciologia abusa do processo dedutivo, extremamente generalista nos argumentos. Se fulano é assim é pq veio da baratosfera, é consréu. Se passei mal em algum lugar, tinha pessoas duvidas no local, então a conclusão é que foi assédio ?! Fora as energias?!Impressionando como tender a Deduzir tudo da perspectiva extrasifica, ignorando a questão fisiológica entre outras de extrema importância.
    Segundo, Parece não haver espaço para uma discussão mais aberta. Assistindo as tertúlias é impressionante a falta de critica dos participantes. Em todas que assisti não vi um único questionamento de caráter com extremo rigor cientifico levando em consideração todas as ciências, em direção qualquer argumento do Waldo Vieira, posso afirmar que muitas perguntas eram retóricas, e tudo que o professora Waldo Vieira falava seguia por um amém coletivo expressado pelo silêncio geral e não aprofundamento na discussão. Então, o cientista não busca afirmar sua teoria, mas sim refutar. O verdadeira cientista esta sempre tentando refutar seus achados, e não vejo este comportamento na Conscienciologia. Para melhor entendimento é extremamente importante estudar a teoria do conhecimento, incluo aqui pensadores como Karl Popper.
    Terceiro, a base da ciência é Projeciologia, acredito que 80% ou mais dos simpatizantes não projetam nos moldes exigidos para uma investigação mais realista, então como podem publicar artigos, livros, sobre uma prática tão restrita ? Tenho duvida importantes e nunca tive as respostas, por exemplo mecanismo de atuação da percepção no extrasifico? Como funciona? A resposta é sempre que se trata de um corpo mais evoluído! Tá não ajudou nada, se projetam há mais de 30 anos poderiam dar uma resposta mais esclarecedora. Quando escrevi para um grupo interno da Conscienciologia com este e outros pontos não tive nem respostas, praticamente ignorado. Percebi que não estava abertos ao questionamento e a discussão saudável do embate cientifico.
    Só digo, cuidado com o dogma cientifico...Não estou aqui dizendo que o paradigma cartesiano é o correto para tudo, ele é correto para algumas realidades, mas precisamos sim estar abertos a novos paradigmas, e nada melhor que ler Thomas Kuhn para entender melhor estes novos paradigmas. Entretanto percebo que a Conscienciologia iniciou com uma critica saudável ao paradigma cartesiano e aos dogmas, porém caindo em uma armadilha, e que através de um processo de retroalimentação intelectual baseado exclusivamente no paradigma próprio criou um tipo de redoma para investigação do ser.
    No livro Homo Sapiens Reurbanisatus criam rótulos para todo tipo de perfil mas não explicam ou se aprofundam em explicar. Classificam mas não explicam. Enfim o processo de dedução é o pilar nos argumentos, e sabemos que podemos criar qualquer varias realidade com o racionalismo, pois a realidade é percepção.
    Não podem fechar as portas da filosofia também, parece que são fechados quanto a importancia filosofia afirmando que é o conhecimento pardo...por exemplo, é mais simples falar que a arte é algo de instintivo e de bicho, e que deve ser ignorado pelo ser humano, do que entrar no debate da importância e do porque da necessidade do ser humano manifestar a arte e que através desta o mesmo busca se ver livre do determinismo imposto pelo mundo, determinismo este que a própria Conscienciologia deveria levar mais em consideração.

    Por Blogger André Ivo, às 1 de setembro de 2014 07:31  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Pris, às 2 de setembro de 2014 20:29  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Pris, às 2 de setembro de 2014 20:30  

  • Realmente este Waldo Vieira se perdeu na sua profunda arrogância disfarçada de inteligência. Venho lendo e assistindo os vídeos dele, porque a pouco o objetivo da consciênciologia me chamou a atenção, mas percebo o quanto é impositiva as colocações dele, não permite que seus interlocutores exponham suas perguntas, responde rispidamente, dá socos na mesa, sem contar que critica aquele que diferente dele moveu e move multidões, pelo seu grande exemplo Jesus Cristo ! Waldo Vieira jamais será um líder como JESUS , e sua obra não irá perpetuar.
    Patrícia Lourdes , ajude que pessoas como eu, aprendam com vossa experiência, o assunto desperta o interesse dos que são mais questionadores, mas até tomarem suas conclusões poderão perder muito tempo, dinheiro ... divulgue os erros desta instituição, e os bem intencionados que dela fazem parte, professores, pesquisadores, auxiliares, pessoas formadoras de opinião, extraiam o que de bom puderam aprender com o Waldo Vieira, mas não perpetuem a arrogância, o elitismo, egocentrismo e estupidez dele!

    Por Blogger Pris, às 2 de setembro de 2014 20:33  

  • Waldo Vieira,

    Não sei se lhe chamo mestre, orientador, conselheiro... Mas parece que estás mais para Guru sofisticado...

    Com todo respeito que tenho à inteligência desse ser, venho fazer algumas alegações sobre os argumentos da palestra do vídeo conferencia que ele teve a intemperança de tornar público, apesar de considerar a recomendação sábia de um Mentor Celestial, o qual considero como sendo de ordem superior, e que orientou sensatamente: “Não atireis aos cães as coisas santas, e nem lanceis aos porcos vossas pérolas...” Mas, como aqui é um canal público e muitas pessoas visitam-no na esperança de encontrar sugestões saudáveis para o dia a dia, quero replicar com sinceridade que prefiro considerar como verdadeiro aquele outro Waldo Vieira, que em certo período de sua mocidade amparado pelas consciências espirituais lúcidas André Luiz e Emmanuel, psicografou tópicos aceitáveis como sendo de caráter cosmoético, aqui transcrevo-os do livro Conduta Espírita:

    Primeiro: “Os verdadeiros amigos do Cristo reverenciam-no em espírito e verdade;”.

    Segundo: “Identificar a posição que lhe cabe em relação a Jesus, o Emissário de Deus, no planeta Terra, evitando confrontos inaceitáveis para com a sabedoria celestial”;

    Terceiro: “O homem que exige seja o Cristo igual a ele, pretende, VAIDOSAMENTE, nivelar-se com o Cristo de Deus”;

    Quarto: “Em todas as circunstancias eleger no Senhor Jesus o Mestre Perfeito e invariável de cada dia”...

    Guru Waldo,

    És prepotente em ser um orientador cosmoético e universal, mas para que consigas sê-lo com excelência aprenda a valorizar, respeitar e discernir a sabedoria espiritual, pois O REINO DE DEUS não vem com métodos exteriores, ele é chegado no meio de vós, porque é um “estado de espírito”, é invisível, porém radiante, é uma conquista individual do ser consciencial com o seu Criador celestial, despertado na consciência, onde irradia os sentimentos belos e elevados do “amor divino” no coração.

    Cientifique-se que, Jesus não é um filosofo e nem poderá ser classificado entre os valores propriamente humanos, tendo-se em vista os VALORES DIVINOS de sua hierarquia espiritual, na direção das coletividades terrícolas (questão 283, do livro “O Consolador, Emmanuel/Francisco Candido Xavier)

    Um conselho amistoso:

    Interajas com o público, no entanto busque aprimorar com lucidez as coisas agradáveis, buscando zelar também com asseio o lado da aparência pessoal, pois essa tua barba primitiva te dar um aspecto de uma criatura das cavernas, ou, sugestiona a figura do personagem “Zé do Caixão”. Aí quando abre a boca com essa voz soturna para exprobrar um montão de asneiras, centraliza a atenção da plateia que não se sente à vontade para questionar com clareza, mesmo porque se entende que ele dissemina as ideias com imposição e arrogância, logo não admitindo o diálogo construtivo. E dessa forma muitos se sentem intimidados e ficam apenas sorrindo sob o efeito de assédio coletivo. Esse método é próprio dos “espíritos pseudo-sábios e zombadores".

    Reflita Waldo, e procure crescer como pessoa decente respeitando as diferenças sociais nas crenças e religiões.


    Por Blogger Abrahão Ribeiro, às 19 de setembro de 2014 13:52  

  • O principio básico da conscienciologia é a descrença. Porque preciso de um espirito para curar se com minha propria energia posso curar as pessoas?
    Porque preciso receber um espirito, se posso em projeção astral conversar com eles? Porque vou servir ao Deus Jeová e seu Filho, se o rei Daví podia ter centenas de mulhers? Um Deus que gostava de receber sangue "Eu e o Pai somos um", um Deus que mata criança, velhos, mulheres grávidas, cuja inauguração de seu templo foi um verdadeiro banho de sangue de animais. Viva a liberdade do ser desperto sem Jesus,Jeová, Waldo Vieira e qualquer outro que nos imponha uma coleira para o bem de nosso ego. Paz e luz a tods

    Por Blogger Anderson Lemos, às 10 de outubro de 2014 21:20  

  • CONSCIENCIOLOGIA: O PSIQUISMO DOS ZOADORES - Zombadores levianos camuflados em manipulação cosmoética, e que se avaliam acima do principio ético social têm suas egrégoras arraigadas às CONSCIENCIAS ESPIRITUAIS LEVIANAS, uma classe de entidades IMPERFEITAS do astral extrafísico estudadas por Allan Kardec no Livro dos Espíritos, capítulo I, item 103 e 104 - QUE cos mo é ti ca é essa? E que não preza o principio básico do respeito ético às culturas, às filosofias e, às religiões humanas JÁ existentes.
    “Os zombadores levianos” se conectam magneticamente aos HIPÓCRITAS - lei das afinidades psíquicas: os bons com os bons, os sábios com os sábios, os justos com os justos, os estudiosos com os estudiosos, os preguiçosos com os preguiçosos, os viciosos com os viciados, os blasfemadores com os maledicentes, os corrompidos com os corruptos, os irresponsáveis com os insensatos, e os maus com os maus...
    Uma pessoa que se auto-intitula de "ORIENTADOR cosmoético de consciencias" e, que, no entanto, quando abre a boca deixa transparecer em seus discursos o INCITAMENTO da discórdia promovendo as INTOLERÂNCIAS entre os seres pensantes, ESSE ORIENTADOR certamente tem MUITA CONEXÃO COM “O BAIXO ASTRAL", que é onde imperam todas as ignorâncias e maldades que reinam no mundo terrestre, que é um plano sidéreo ainda primário na hierarquia dos mundos habitados no Cosmos.
    Tudo depende da própria pessoa que tem o livre-arbítrio de trabalhar a perfeição interior. Quer evoluir para a luz celeste? Então se esforcem e melhorem no aspecto intelectual e muito mais em moralidade saudável. Quer permanecer nas fileiras da ignorância irracional zombadora? Então continuem incentivando a discórdia, a incompreensão, a intolerância social entre os seres humanos.
    Saibam uma lei natural: - “Nenhuma consciência ficará sofrendo eternamente em regiões mentais do não ser”. Quem não se aperfeiçoa pela luz da fraternidade espiritual no bem, fatalmente sucumbe no aguilhão da dor moral e até física, que laboram como provações e expiações de caráter amargo, e que serve para reajustar com sanidade o ser na sua caminhada evolutiva para o infinito.
    Aprendam um pouco com o Espiritismo cristão que é muito mais sábio e inteligente no despertamento das belezas interiores que elevam o ser à Vida Superior nos altos planos celestiais, laborando perspectivas que elevam a alma para a felicidade eterna. E isto é Consolação esclarecedora, porque não somos máquinas perecíveis sem sentimentos, e sim seres imortais dotados de raciocínio e emoções a caminho do infinito (vide “O Livro dos Espíritos” Allan Kardec, das penas e gozos futuros questões 958 a 1019).
    Não fiquem apenas na descrença da dúvida irracional apregoada em laboratórios desprovidos de capacidade racional. Essa atitude negativa pode levar o aprendiz à cegueira da irracionalidade insensata. Não sejam cegamente teleguiados por verbografias de siglas do egão de “orientador lúcido em críticas corrompidas” e, que, para justificar os seus vícios chama de “cos mo é ti cos”, como se fossem acima da razão ética humana.

    A FRATERNIDADE simples balizada na universalidade não faz mal a nenhuma pessoa.

    Por Blogger Abrahão Ribeiro, às 30 de outubro de 2014 01:59  

  • CONSCIENCIOLOGIA, COGNÓPOLIS COPIAÇÃO

    - Onde se projetou WV para compilar a Conscienciologia? NO ESPIRITISMO, lógico, vejamos:

    Consciex é o mesmo que Espírito;

    Dessoma é o mesmo que desencarnação;

    Ressoma é o mesmo que reencarnação;

    Assedialidade é o mesmo que obsessão;

    Intrusão é o mesmo que incorporação;

    Projeciologia é o mesmo que Emancipação da alma...

    Hum! “ciência nova” com elementos velhos – MANIPULAÇÃO!

    Todas as siglas de palavras montadas pelo idealizador da Conscienciologia tem o sentido e significado de alguma passagem já estudada pelo Espiritismo anteriormente, como por exemplo: o termo que os mentores espirituais na obra “Missionários da Luz, capítulo 12, pags 167 a 171, ditado pelo espírito André Luiz através do médium Chico Xavier se referem como sendo os “COMPLETISTAS”, que são seres humanos que cumprem com dignidade todos os programas idealizados para a sua reencarnação. ATÉ ESSE TERMO foi plagiado pela Conscienciologia, a qual cita como “compléxis”.

    Mas, o que ele fez para se intitular criador de uma nova “ciência”? MUDOU A VERBOGRAFIA, criou as SIGLAS para fazer a sua manipulação cosmoética: conscienciês, conscin, consciex, proéxis, invéxis, recéxis, moréxis, compléxis, grecex, ofiex, grinvex, maxiproéxis, maximoréxis, recexis, desassim, dimener, trafor, magatrafor, contrapense morfopensene, oniropensene, patopensene, taquipensene, xenopensene, quirossoma, paracamatose, tritanatose, primener, sexossmatica, precognitarium, retrocognitarium...

    Quando a pessoa conclui os estudos conscienciológicos é como se fosse uma LAVAGEM CEREBRAL na sua mente em alto grau. Ou, um ESTUPRO MENTAL para assimilar os sofismas conscienciológicos. Esses inúmeros e outros mais verbetes ficam soando impropriamente no inconsciente como leis cosmoéticas instituídas pelo egão do waldolismo, e a pessoa termina ficando MALUCON (maluco na conscienciologia) e vai parar nos consultórios de Médicos Psiquiatras como já aconteceu com algumas pessoas conhecidas.

    O WV copiou do Espiritismo, com outra verbografia, aquilo que ele realmente precisava colocar à disposição do marketing comercial no seu centrão – a Cognópolis para vender aos alunos que se interessassem nas suas pesquisas manipuladas. As coisas que certamente viriam de encontro contra a sua nova postura mercantil, ele as abdicou: caridade, fraternidade, amor, fé, Jesus orientador da humanidade, E que o Pai Celestial está presente em toda a Criação Cósmica.

    UM INSTRUTOR QUE OUTRA AFIRMOU ISTO, no seu livro CONDUTA ESPÍRITA:

    Os verdadeiros amigos do Cristo reverenciam-no em espírito e verdade; Identificar a posição que lhe cabe em relação a Jesus, o Emissário de Deus, no planeta Terra, evitando confrontos inaceitáveis para com a sabedoria celestial; O homem que exige seja o Cristo igual a ele, pretende, VAIDOSAMENTE, nivelar-se com o Cristo de Deus; Em todas as circunstancias eleger no Senhor Jesus o Mestre Perfeito e invariável de cada dia...

    AGORA ESSE ORIENTADOR COSMOÉTICO SE EXPRESSA ASSIM, NA SUA CONGNOLOPOLIS DE ZOAÇÃO:

    E todos os alunos conscienciológicos repetem teleguiadamente as mesmas asneiras do egão do seu grande GURUZÃO o cientista Waldo V quando arenga para impressionar os waldólatras, por isso é que todos parecem “papagaios zoadores”: Apolônio de Tiana foi superior a Jesus, e zomba satirizando a missão do Cristo; discrimina os religiosos cristãos como rebanhos inconscientes; discorre que o maior erro de Allan Kardec foi introduzir no Espiritismo o lado religioso; e ainda ilusiona que a Conscienciologia é a “ciência” dos lucidões para os novos tempos na Terra.

    Esse cosmoético Waldo V tem uma personalidade digna de ser estuda pelos psicólogos da atualidade: dupla personalidade, transtorno de comportamento social... QUE BELO INSTRUTOR conscienciológico do século XXI, certamente, vai se perpetuar na história humana como COMO MAIS UM... E vai superar os grandes e abnegados benfeitores da humanidade, no ZOTISMO.

    Por Blogger Abrahão Ribeiro, às 1 de novembro de 2014 02:44  

  • GURU CONSCIENCIOLÓGICO LUCIDÃO!

    É muito sabidão mesmo, e então?
    Até que parece a figuração do personagem “Zé do Caixão”.
    Não é que SIGLOU uma ciência com “verbetes do seu egão”,
    E que nada mais são:
    “Princípios plagiados do Espiritismo cristão”
    Assedialidade é o mesmo que obsessão,
    Intrusão é a incorporação,
    Dessoma é a desencarnação,
    Ressoma para reencarnação,
    E emancipação da alma é a projeção,
    Hum! Ciência nova com elementos velhos – MANIPULAÇÃO!

    E ainda consegue comerciá-los no “feirão do seu centrão,”
    Aos arrebatados seguidores “cosmoéticos em seu egão,”
    E arrazoa e projeta-se num circulo de presunção,
    Radiando a egrégora da obsessão.

    Que inteligência brilhante de um cidadão...
    E que se auto-afirma consciente lucidão!
    Este soneto não é uma critica de sensação,
    Mas, sim, um convite à razão.
    A fim de seguidores não sucumbir na perdição!

    E assim tou no meio de uma indefinição...
    Quem vibra mais no vigor da alucinação?
    O Guru conscienciológico “cegado nos verbetes do seu egão?”
    Ou, o pregador apoiado no cajado de Pastor cristão?
    E que arquitetou no século XXI por muitos milhões:
    A réplica do Templo do grande rei Salomão.




    Por Blogger Abrahão Ribeiro, às 19 de novembro de 2014 03:24  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Abrahão Ribeiro, às 19 de novembro de 2014 03:24  

  • Segue comentario de quem participou de inumeros cursos da conscienciologia e projeciologia durante alguns anos e cresceu sem religiao. Minha opiniao é a seguinte:

    Toda a questao relacionada, a projecao astral, chacras, bio energias, sonhos lúcidos, etc, nao ha necessidade de entrar no merito de discutir o assunto. Pois isto e um fato!!!

    Basta pesquisar um pouco o assunto e experenciar. Inumeras pessoas no mundo todo relatam as mesmas experiencias apenas com nomes diferentes. Ou seja, Chi, Prana, campo eletro-magnetico, energia vital, campo unificado (como Eisntein se refere). E é muito comum pessoas no mundo todo terem estas ditas experiencias paranormais.

    Agora, o ponto onde quero chegar. Conscienciologia é sim uma pseudo-ciencia, e pseudo-religiao, e lavagem cerebral, e uma organizacao maléfica!

    Eis o porque: o mundo espiritual e uma realidade! E eles fornecem tecnicas de meditacao para vc entrar em contato com estas energias espirituais (entidades, espiritos, guias, amparadores (como denominam), ter projecoes astrais, etc). Tudo sob o pressuposto que se esta evoluindo, ganhando mais conhecimento sobre o funcionamento do mundo espiritual, no entanto tratam sobre o assunto com nomes "cientificos". Enfim, nao passa de um centro espirita organizado, aonde só trocam os nomes na hora de denominar as coisas, ao inves de duplo-eterico, dao o nome de psico-soma, para o corpo emocional do inviduo. Ou seja, um centro-espirita onde dao nomes cientificos para os fenomenos paranormais. O mesmo acontece aos que praticam meditacoes de Yoga, Budistas, etc. Se abrem para perceber mais as energias sutis a nossa volta.

    E ate ai...tudo bem. Estamos meditando, tendo projecoes astrais, experiencias de clarividencia, e aprendendo tecnicas para se conectar ao mundo espiritual. E tanto faz, se é Budista, Hindu, Allan Kardec, ou Waldo Vieira da Conscienciologia. Tudo da no mesmo.

    E finalmente o ponto aonde quero chegar...

    Apos anos de meditacao, algumas expeirencias com a conscienciologia, algumas sessoes em centros espiritas, e praticando alguma Yoga, comecei a sofrer serios ataques demoniacos!!!! Vi demonios no rosto de pessoas, Pesadelos todas as noites durante anos, medo e fobia pois estava a captar todo tipo de energia, perda de energia, fadiga, total falta de concentracao. No portugues claro, estava possesso! Um ou varios espiritos malignos estavam realmente querendo me matar, destruir minhas financas, tive uma doenca degenerativa, destruir familia, amizades, tudo!!!!! As pessoas nao tem nocao quando tratam estes assuntos de fora leviana e tentam entrar em contato com o mundo espritual.

    No final, o que me Salvou e curou foi JESUS!!!! Seja conscienciologia, ou Allan Kardec, todos apenas querem te desviar da verdade, que JESUS Cristo e unico Salvador. Eu obtive um exorcismo atraves de JESUS, e durante os meus pesadelos e ataques demoniacos durante o dia a dia, so percebi que havia uma unica coisa que afastava as energias negativas e isto era o nome de Jesus e palavra do senhor. Em suma,"Niguem chega ao Pai senao por mim, eu sou o caminho, a verdade, e a vida". como disses Jesus. Na Biblia foi Jesus que expulsava os demonios das pessoas, e seus seguidores. Quem se mete, com espiritismo, conscienciologia, etc, por mais que tenha boas intencoes, acabam por atrair uma porcao de entidades malignas. Esses tais centros sao cheios de espiritos obsessores, que se disfarcam de amparadores, anjos de luz, ou dizem dar esclarecimento / conhecimento da verdade.

    Nao desejo para ninguem, o que tive que passar na minha busca espiritual pela verdade. Mas hoje eu tenho total confianca em JESUS como meu senhor e salvador.

    espero que esse meu texto possa ajudar aqueles que estao precisando.

    um abs!

    Gabriel

    Por Blogger Gabriel Motta, às 30 de dezembro de 2014 14:53  

  • O que me chama a atenção nas opiniões do homem Waldo Vieira é o fato de contradizerem o médium Waldo Vieira! Através da sua mediunidade, Espíritos da estatura moral de André Luís e Emmanuel sempre mantiveram a superioridade espiritual de Jesus Cristo, ao passo que as opiniões pessoais de Waldo Vieira parecem não concordar com isso! Ficom com o médium.

    Por Blogger Luiz Antônio Siqueira, às 8 de fevereiro de 2015 08:36  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Prof. Maria Razera, às 24 de abril de 2015 14:21  

  • Como médico e ex-membro do IIPC pode dizer que a projeciologia foi uma das melhores descrições sistemáticas de métodos para atingir a projeção astral. O mérito do Waldo Vieira termina ai.
    Algumas críticas:

    1. É impossível criar uma abordagem cientifica de conscienciologia baseado na experiência de uma pessoa, onde questionamentos não são aceitos. Cada vez que tinha uma pergunta, me respondiam que eu tinha que ver com meus proprios olhos como os ensinamentos do Waldo estavam certos, mas ninguém aparentemente tinha visto qualquer coisa.

    2. O Waldo tentou criar uma forma de tentar bular o sistema evolutivo para se tornar uma consciência "livre". Isso é tão absurdo. Nada é livre nesse universo, todos estamos interligados, e precisam evoluir juntos. Através de tecnicas energeticas ele defende que é possível atrofiar os mecanismos que ligam o mentalsoma ao psicosoma e corpo fisico, para que finalmente o mentalsoma dele não seja obrigado a encarnar. Mais interessante é que essa suposta consciência livre é provida de Ego. Como um ser super evoluido e poderoso pode ser um ente com Ego. Isso parece assustador. A evolucão da consciência parece pelo contrário gerar consciência multiplas pela integracão de diferentes porções consciencias, o que leva a uma entidade mais evoluida, desprovida de ego, de acordo com relatos de outros espiritos. Acho que o Waldo sabe disso, mas preferiu desenvolver uma forma de imortalizar o próprio ego, e se tornar um "deus" a parte, em forma de consciencia livre, se é que isso seja possível.

    3. Agora vou falar do mais assustador: tenepes. Eles defendem a tenepes como uma forma de disseminar energia em planos profundos para "ajudar" outros seres em sofrimento. O individuo praticando a tenepes é uma fonte de energia sem qualquer intenção positiva ou negativa, simplesmente libera energia para que supostos amparadores usem elas como bem entenderem. Acho que muita gente está sendo enganada com isso. Acha que está ajudando quando na verdade está doando energia para essas consciencias livres se tornarem ainda mais poderosas. É muito perigoso doar energia sem saber para onde.

    Depois de muito estudo, atualmente acredito que o ego está fadado a acabar. A morte do ego existe, porque as memórias se perdem na reencornação (resoma) ou quando evoluimos para consciencias múltiplas, o que gera a dissolução do ego. Não há sentido para um ego ser eterno, o ego é uma manifestação transitoria para um determinado processo de evolução que parece ser cíclico num espaço atemporal. Acho que ainda não estamos prontos para entender isso.

    Por Blogger Waldo, às 10 de maio de 2015 01:55  

  • Como todos um dia, Waldo Vieira está indo embora pra além deste espaço-tempo. Conheci-o em 1990, numa palestra no Centro Espírita Luz Eterna, aqui em Curitiba. Pessoa inteligentíssima, ministraria curso sobre a teoria dos serenões. Fiquei impressionado com a idéia, fiz o curso e muitos outros ministrados por ele. Conheci o IIP, fiz os cursos 1°,2°,3°,4° e o estagio avançado, tenho diploma assinado por ele, fiz ECP1 e ECP2, etc e etc... Sou um dos que foi internado em hospitais psiquiátricos, e muitas vezes, por sinal. Até hoje procuro uma edição de 1986 do livro azul, com agradecimentos a Chico, à esposa, e ainda com alguns termos antigos, não forjados. Vários amigos meus estão lá em Foz, porque apresentei a eles a idéia... Trilhei outros caminhos... Tive experiências... Hoje sei que a conscienciologia, definitivamente, não é a verdade relativa de ponta... Tem a física teórica, tem a monadologia quântica, tem muitas outras coisas, tem o paradigma holográfico, tem os multiversos, etc... Mas sinto saudades dos idos de 1989 e 1990, quando fui seduzido pelo carisma do Sr. Waldo Vieira, o que, ao menos, me ajudou a romper com a egrégora do movimento espírita e a conviver, por algum tempo, com amigos espirituais de longa data, sendo ele, com certeza um deste...
    Estamos juntos véio, pra tentar minimizar as besteiras que se fizeram, e que fizemos, mais uma vez em decorrência deste conhecimento... Você um dia disse que estava esperando quem escreveria sobre os mitos da conscienciolgia... Claro que teríamos de esperar sua "dessoma" para iniciar esta empreitada, afinal, com tanta resistência seria impossível, não é mesmo? Tudo tem seu tempo... Ah, e tem os Annunnakis... (conhecereis a verdade e ela o libertará). Somos criaturas derivadas, no mínimo, de segunda ordem... Ihh, e tem o Krishnamurti, etc, etc, etc...
    Esteja sempre com o causa primeira de todas as coisas, velho amigo...

    Por Blogger tthhaa ferro, às 2 de julho de 2015 08:18  

  • Bem pessoal. Quero colocar dúvidas na cabeça de vocês, pois elas geram perguntas, que é o que interessa, muitas vezes. Aconteceu comigo e acho que mais gente passa por isso. E se Jesus foi uma criação política? Se tudo que se diz de Jesus é Ctrl+C e Ctrl+V de outras religiões?
    Quando suspeitei fui procurar e achei dois livros escritos por dois sujeitos que nem se conheciam e tinha escrito sobre a mesma coisa. "Jesus não existiu" e "Jesus nunca existiu". Vale pesquisar e ver se há coerência nas argumentações dos que escreveram isso daí.

    Por Blogger Djijo, às 3 de julho de 2015 05:01  

  • Já estou vendo a cena...

    "Ocidentais vestidos de branco e barba idem aparecem numa vila chinesa vasculhando casas à procura da criança que seria o TULKU do Waldo Vieira reencarnado... Quando esta criança vê "sua galera" ele diz: mamãe, estou no holopensene deles... Sou uma conscin que ressomou aqui na China com a missão de integrar Ocidente e Oriente, fazendo todo mundo se vestir de branco e usar barba branca (inclusive as mulheres, ou portadoras de ginecossoma), tudo está claro! Recobrei a memória integral. Fui! Li tudo sobre mim no livro azul que mandei traduzir na seriéxis anterior, porque eu já sabia que eu seria eu mesmo e meu egossoma"

    Por Blogger Glauco De Vita, às 4 de julho de 2015 20:18  

  • Nunca li tanta besteira junta! Mas como cada um pode escrever o que quiser, falar o que quiser e principalmente criticar quem quiser... quem sou eu para perder tempo e energia aqui querendo defender a personalidade ímpar e transparente que foi Waldo Vieira!
    Só rindo mesmo KKKKKKKKKKK, rsrsrsrsrsrsrs, depois de ler tanta mágoa, ressentimento, dor de cotovelo, inveja, falta de discernimento ou melhor conhecimento para dizer que fulano estava errado ou certo.... vai trabalhar, estudar e prestar assistência para ver o que dá!!!!
    tudo de bom e mãos à obra...

    Por Blogger Cavalcanti, às 18 de julho de 2015 09:54  

  • Um grande estudioso com dotes mediúnicos únicos porém que deixou a soberba e o orgulho lhe tomarem a razão , não apaga seu precioso trabalho junto ao Chico e a doutrina mesmo após seu após seu desvario

    Por Blogger tedv8, às 19 de setembro de 2015 10:09  

  • Não precisa ser nada inteligente para ver na primeira palestra a arrogância dos que se acham donos da verdade absoluta,a tertúlia é um verdadeiro trono onde se senta um deusinho de barba grande,dando lições a J cristo e com um ciúme doentio de Chico Xavier.

    Por Blogger marcilio porto, às 17 de novembro de 2015 16:40  

  • Nessas tertúlias só faltou a figura da Terta para a cada besteira confusa e arrogante que ele dizia, ele fazer um aparte com ela: -- É mentira, Terta??? E a Terta responderia: -- Verrrdaaade!
    Só, só isso que faltou. E nem estou falando das questões doutrinárias entre espiritismo e a pseudo-ciência que ele tentava construir da forma mais ridícula, com aqueles calhamaços ridículos Homo Sapiens Reurbanizatus/Pacificus, etc. cheios de imbecilidades, confusões, preconceitos graves e agressões a todo tipo de comportamento ou temperamento (por exemplo: mesmo sendo um colecionador de gibis, ele afirmava que qualquer gosto, como o da música, era um vício, tentava destruir a poesia e outras coisas, em total e cega irgnorância arrogante). Eu lia, tentava ler, folheava os referidos livros, e ria e me consternava com a imbecilidade dele a cada página, a cada parágrafo, a cada quota em letras grandes (muito cômico e ridículo tudo aquilo) e de quem acha aquilo ciência e "discernimento de ponta" (os dois livros foram até afastados do acervo da Biblioteca da UEL, tamanha a imbecilidade do conteúdo). "Ele matava a cobra e mostrava o pau", alguém defendeu o trabalho dele, em última instância. Ora, alguns serviçais de periferia e zonas rurais também são capazes disso... E é melhor parar por aqui para evitar polêmicas com gente que acha que todos devem ter o gosto e a ignorância de se meter também nessas mesmas furadas, como se fossem os donos do entendimento e do astral e da verdade. Sem dúvida, houve uma boa intenção, um projeto interessante, e um trabalho, mas que definitivamente e jamais foi o tão alardeado "discernimento de ponta" que ele e seus seguidores jamais possuíram.

    Por Blogger Carlos J.Ribeiro, às 29 de dezembro de 2015 14:30  

  • Todos ali eram Terta - por isso eram TERT-ÚLIAS...

    Por Blogger Glauco De Vita, às 29 de dezembro de 2015 14:42  

  • Criticar é fácil, fazer é que é difícil. Nuca ouvi da sair da boca do Waldo que ele era perfeito, mas sim que era cheio de defeitos. Ele foi uma pessoa que fez, que realizou. Se alguém não gosta dele, deixe-o de lado, procure uma religião ou não é siga. Afinal, quem até hoje na história humana, conseguiu agradar a todos?

    Por Blogger João Gomes, às 12 de janeiro de 2016 16:49  

  • Ele devia ter feito exatamente o que você ta pedindo para não fazer, ele agrediu criticou traiu e posou de gostoso

    Por Blogger marcilio porto, às 12 de janeiro de 2016 18:16  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger Glauco De Vita, às 12 de janeiro de 2016 18:19  

  • fazer o que?o que que valdo Vieira já fez a não ser criticar Jesus Cristo e Chico Xavier em uma transparente inveja e tentar se apoderar e criar regras na projeciologia? o cara teve a falta de serviço em criar um dicionário próprio para a projeciologia,sendo que com as palavras que já existem pode se explicar tudo.

    Por Blogger marcilio porto, às 17 de janeiro de 2016 15:12  

  • Um merda como eu!

    Por Blogger Simples, às 8 de fevereiro de 2016 17:14  

  • Ele, como é que a religião dele diz mesmo? Morreu? Subtraiu? Dissomo?
    Poxa! Sacanagem!
    Queria perguntar pra ele que sabe tanto sobre Jesus que se acha4ia que se Jesus casasse a mulher Dele também se suicidaria(?)!

    Por Blogger Simples, às 8 de fevereiro de 2016 17:24  

  • mais um charlatão com muitos seguidores.

    Por Blogger Unknown, às 29 de fevereiro de 2016 19:52  

  • Ótimo texto!!!! Lamentável esse suicídio moral de Waldo Vieira!!!!

    Por Blogger Leonel Almeida, às 8 de março de 2016 03:36  

  • Ontem tomei conhecimento sobre a conscienciologia, nem sabia quem era o Waldo Vieira, muita coisa do que me disseram considero de valor, porém muita coisa não tem sentido, mas como bem disse a palestrante no inicio da palestra "não acreditem em nada do que eu disser, tenham suas próprias experiencias para se convencerem", essa frase reflete muito bem algo que eu já seguia desde meus 15 anos, eu acredito naquilo que eu comprovo. Outro ponto curioso é que a palavra "acreditar" é considerada um cabresto doutrinador, o que não faz sentido algum, pois quem segue os ensinamentos do Waldo Vieira é porque considera verdadeiro aquilo que ele diz, logo essa pessoa acredita em Waldo Vieira, é uma miríade de contradições quase hilárias.

    Por Blogger Jaci Paganini, às 20 de abril de 2016 13:48  

  • Interessante as colocações sobre a personalidade do Waldo Vieira pelo autor deste Blog. Já fiz curso no instituto sobre projeção astral nos anos de 1990, mas quando lá cheguei já tinha experiências de projeção lúcidas e espontâneas, além de bibliografia sobre o assunto. Não era ingênuo como eles acreditam serem todos os que não comungam com as ideias e os neologismos do WV. Me surpreendeu o fanatismo dos "Waldetes", mas conheci alguns muito legais lá dentro e acho que deviam sentir desconfiança em relação a muitas coisas. Gostaria de saber aonde estão hoje alguns daqueles voluntários. Compreendo que alguns que criticam hoje o Waldo já demonstravam um certo desequilíbrio emocional quando faziam parte do movimento, por isso é preciso olhar com cuidado suas opiniões. Porem, muitos outros fazem criticas equilibradas e ponderadas na experiência que tiveram lá dentro como elementos ativos do processo.
    As ´aulas´ dos voluntários geravam conflitos na sala, pois alguns voluntários eram fanáticos e de pouca cultura; não tinham autocritica para perceberem que estavam diante de alguns alunos mais informados do que eles. Era comum ridicularizarem os alunos que os criticavam. Sentiam até prazer nisso. Não se interessam em ouvir, apenas de despejar suas crenças. Não é possível um movimento que procura ajudar criar tantos conflitos interpessoais! O convertido precisa sempre estar confirmando sua fé, para isso se junta com os que pensam iguais e se apoiam, pois há muito o que ganhar nessa parceria. A vaidade e o fanatismo caminham juntos. Como diz a sabedoria popular: pelos frutos se conhece a arvore.
    Nas tertúlias pela internet vemos que o Waldo também não ouvia as pessoas, as atropelava com frequência. Ainda acredito que ele não tinha uma cultura ampla, por isso criticava o que não conhecia.
    Uma coisa que gostei muito foram os exercícios de circulação de energia (EV). Funcionam mesmo, mas não são originais da Conscienciologia, outras praticas orientais já os ensinavam e com mais detalhes. Agora, isso de irradiar energia para o ambiente sempre achei perigoso se não for focado em alvos definidos. Não acredito que tais praticas sejam recomendadas para pessoas instáveis emocionalmente, pois pode reforçar seus desequilíbrios mentais.
    Por fim, algo que nunca ouvi deles é o que é a consciência(!!!). Uma vez perguntei para um diretor do IIPC como a consciência se originou e ouvi dele que nos criaram e foram embora(!?). Acho que ele leu ficção-científica demais (um gênero literário que o Waldo gostava muito). Apenas relatam efeitos dela, seja lá o que entendem como consciência. Faz falta um pouco de filosofia! O tempo dirá o que acontecerá com o IIPC. Como entra muita grana lá dentro, acho que ainda caminhará bem por algum tempo. Obrigado pelo espaço deste Blog para nos expressarmos.

    Por Blogger Marcus B, às 17 de junho de 2016 08:01  

  • Agradeço ao Waldo as coisas boas que ele compartilhou nessa vida, dispenso as ruins, como todos nós, tinha virtudes e defeitos, os sábios olham as virtudes e os defeitos, guardando as virtudes e descartando os defeitos. Quando alguém imperfeito ainda que com boas intenções tenta fazer algo bom nessa vida vai errar, mas faz parte do caminho, é assim que aprendemos e evoluímos. Até onde sei, ele ajudou muita gente, é lógico que deve ter os esqueletos no armário também, mas em uma vida onde você olha ao lado e vê cada um querendo comer o outro vivo, ver exemplos de alguém querendo ajudar os outros, errando ou não, é no mínimo esperançoso. Não existe religião, ciência, ou sistema filosófico perfeitos, existem apenas bússolas morais nesses constructos, a escada para uma existência melhor é formada por degraus falsos onde você coloca o pé e afunda para se reerguer e continuar a escalada, você só fica bom em reconhecer os degraus falsos, depois de pisar neles muitas vezes.

    Por Blogger Me, às 4 de abril de 2017 05:25  

  • Pois é,o próprio Waldo podia pensar assim igual a você

    Por Blogger marcilio porto, às 7 de abril de 2017 06:35  

  • Resta aproveitar as mensagens, inclusive a da própria vida dele. No fim tudo volta para Sócrates que se iluminou ao ter consciência de sua insignificância, a ponto de se deixar executar, como faria Jesus 432 anos depois. Se é que ambos não são apenas figuras ficcionais, o que de fato não faz qualquer diferença, pois as ideias não dependem de substância.

    Por Blogger Eder, às 1 de junho de 2017 17:30  

  • pela quantidade de comentários aqui postados, então o Waldo não é tão ruim assim.
    Eu também assito muito as tertulias no videos do youtube, assisti palestras em são paulo, e posso dizer pelas experiências que passei, que realmente existem muitas verdades nos ensinamentos dele, como eles dizem "tenham suas próprias experiências" para comprovar o que é ensinado aqui. Eu realmente tive muitas das comprovações. Tenho algumas dúvidas sim, mas isto é normal, há de se investigar. Há coisas que realmente soam muito estranho e que também não gostava. Eu também acho que inevitavelmente muitas pesssoas tomam isso como religião, eu particularmente acho estranho quando no início de toda tertúlia baterem no gongo, faz lembrar aqueles congos nos templos chineses, o que imediatamente nossa mente remete a religião. Mas mesmo assim, não creio que seja essa a intenção, de ser uma religião, é que todo estudo levado com a devida seriedade, faz com que a pessoa fique mais compenetrada, extirpando um pouco a alegria. Mas eu conheci alguns da projeciologia nas palestras, e não achei assim pessoas sisudas, eram expontâneas e não percebi tristeza neles, como alguém disse aqui nos posts que são pessoas sem alegria.

    Quanto ao que ele fala de Jesus Cristo, se referindo a ele como o JC, acham isso desrespeitoso, talvez até o seja. É preciso entender a linha de raciocínio da conscienciologia, e até mesmo do espiritismo. Um ser evoluído não admite um pensamento negativo, ruim, maldoso. Portanto fuxicos, fofocas, falar mal dos outros, ficar irado com comportamentos alheios, não são atitudes ou pensamentos ideiais. E voces acham que isto está errado? Alargando um pouco mais, na mente desse Deus supremo, que eles chamam de primo pensene, não existe a menor ira, e será que existe algum sentimento de alegria?? Será que estes sentimentos não são apenas pertecentes ao ser humano? Voltando a questão de Jesus, ele mesmo por vezes falava de maneira irada. Ele dizia que a ninguém julgava. Mas como não julgava, se ele mesmo chamava a muitos de "sepulcros caiados", "fariseus hipócritas", e sei lá eu mais o que. Isto não é um julgamento?

    Além do mais, olha o que seguiu após Jesus, no campo religioso. Guerras santas, preconceitos, em nome dele matou-se aos milhões... Então serviu para alguma coisa seus ensinamentos? Um bom ensinamento tem que produzir frutos verdadeiros, e não o contrário.

    Você já ouviu falar que o espiritismo ou a projeciologia matou alguém? Ou até mesmo que espíritas foram condenados nas fogueiras da inquisição? Até existiu isso, mas em número infinitamente menor, como que por excessão a regra. Então pode-se deduzir que os espíritas estavam protegidos pelo modo de vida que viviam. E aqui sim vejo a confirmação de um versículo bíblico: "Mil cairão a tua direita...mas tú não serás atingido"...

    Portanto, essa crítica toda a projeciologia, ao Waldo, tem que dar os descontos devido as falhas humanas.

    Por Blogger Rudimar, às 30 de julho de 2017 05:50  

  • Em linhas gerais concordo. Estive com Waldo uma única vez, hospedado por ele próprio durante 3 dias. Mas há algo que o articulista deveria ter aprendido com Waldo e não aprendeu, pois é petista e todo embuído de ideias de esquerda. Isso também é uma seita fechada e fanática.

    Por Blogger Tonho, às 4 de agosto de 2017 10:58  

  • O mais engraçado é que aqueles que vem dar lições de "cosmoética" e outras coisas ignoram que é o próprio Waldo Vieira que faz as violações mais absurdas da ética e da lógica mais salutar das coisas. Já não é nem a cosmoética, é a ética e o bom senso mais básico, e de modo boçal e imbecil. Mesmo colecionador de mil coisas, critica isso nos outros como anomalia. Por que ele seria normal colecionando estátuetas e alguém seria anômalo gostando de música ou de poemas? E sempre distorce todos os conceitos mais sadios. Diz por exemplo que o sonho é um "protesto da consciência contra o sono". É uma besteira, pois o sonho é justamente o contrário, uma proteção para coisas que não se tem por que ficar metendo o nariz além do mundo de atuação. Eles mesmo falam das aberrações do outro lado, que é uma "mentolândia" em que cada um vê seu mundo, que sofrem ataques, narram as coisas mais imbecis que acontecem... E dizem que isso é lucidez, que é consciência lúcida... Eles mesmo são os maiores exemplos de "assediados" que existem... E querem ensinar "desassédio", etc. Seria perda de tempo discutir, já que o amontoado de asneiras, para o lado da ciência cósmica, lógica, filosofia, esoterismo, simbologia, e tantos mais é uma locomotiva alarmante de imbecilidades, que chegou ao auge nessas coisas impressionantemente cretinas que são os calhamaços chamados Homo Sapiens Serenissimus / Urbanizatus, que devem ser evitados seriamente por toda pessoa interessada em lucidez e pensamento de ponta (só recomendo, dele o Projeciologia, que realmente é um tour-de-force de estudo e uma pesquisa desse assunto, ou seja, ENQUANTO SE LIMITOU À TRADIÇÃO DA ÁREA, fez bonito...
    Resolveu abrir a boca e inventar, só saiu uma asneira atrás da outra.

    Por Blogger Carlos J.Ribeiro, às 9 de setembro de 2017 17:09  

Postar um comentário

<< Home