.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O texto é sobre o Salmo 23, do hebraico para o português (sem as intersecções dos religiosos)



Salmo 23 – Salmo de David

Texto Hebraico Transliterado :

" Iahvéh ro’i lô echsar. Binôt deshé iarbitseni ‘al-mei menuchôt inahaleni.
Nafshi ishovêv iancheni bma’ glei-tsedék lema’an shemô. Gam ki-eléch beguei tsalemavet. Lô-iirá roa’ ki ata ‘imadii shvtechá umishi’antechá hemá inachamuni. Ta’arôch lefani shulchan neguéd tsorerai dishantá vashemén roshi kossi revaiáh. Ách tôv vachéssed irdefuni kôl-imei chaiai veshavti beveit-Iahvéh leoréch iamim "

Tradução Literal :

Iahvéh = Adonai ou Deus
ro’i = é meu pastor, 1ª pessoa do singular do presente-Indicativo, do vervo ra’áh - pastorear
lô = não
echsar = me faltará, sofrer falta
binôt = preposição b+construto plural de naváh – pasto, prado
deshé = verdor ou relva
iarbitseni = deitar
al = preposição sobre
mei = águas
menuchôt = descanso, tranquilidade
inahaleni = me guiará, conduzirá
nafshi =
meu espírito
ishovêv =
futuro do verbo shuv – voltar, regressar, ou seja, fará voltar
iancheni = futuro do verbo naháh – me guiará
bma’glei = trilhas
tsedék = justiça
lema’an = endereço
shemô = nome dele
Gam = também, ainda
ki = que ou porque
eléch = andar, caminhar
beguei = preposição b+guei, ou seja, no vale
tsalemavet = sombra da morte
lô-iirá = não temeria ou temerei
roa’ = maldade
ki = que ou porque
atá = tu
‘imadii = estás comigo
shvtechá = tua vara
umishi’antechá = e teu bordão
hemá = eles
inachamuni = me confortam
Ta’arôch = prepararás
lefani = diante de mim
shulchan = uma mesa
neguéd = diante, em frente
tsorerai = particípio do verbo tsarar – provocar. Aqui significa : os meus provocadores
dishantá = volumoso, cheio
vashemén = em azeite
roshi = minha cabeça
kossi = meu cálice
revaiáh = abundância
Ách = certamente
tôv = bom, bondade
vachéssed = misericórdia, bondade
irdefuni = me seguirão
kôl-imei = todos os dias
chaiai = minha vida
veshavti = e voltarei ou habitarei
beveit-Iahvéh = casa de Deus
leoréch = para extensão, por longos
iamim = dias ou anos




Expressão Traduzida Resultante do Original Hebraico :

“ Adonai é meu pastor, nada me faltará. Em verdes pastagens me fará descansar. Para a tranqüilidade das águas me conduzirá.
Fará meu espírito retornar, e me guiará por caminhos justos, por causa do seu nome. Ainda que eu caminhe pelo vale da morte, não temerei nenhum mal, pois tu estarás comigo. Teu bastão e teu cajado me confortarão. Diante de mim prepararás uma mesa, na presença dos meus provocadores. Tu ungirás minha cabeça com óleo; minha taça transbordará. Certamente, bondade e benevolência me seguirão, todos os dias da minha vida. E voltarei na casa de Adonai por longos anos.”


No entanto, observe a tradução feita pela seguinte Bíblia :

* Centro Bíblico Católico – Editora Ave Maria :

“ O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes,
restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estás comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo. Preparais para mim a mesa a vista dos meus inimigos. Derramais o perfume sobre minha cabeça, transborda a minha taça. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias da minha vida. E habitarei na casa do Senhor por longos dias.”


Perguntamos : Na tradução da Igreja romana acima, onde foi parar a expressão " Fará meu espírito retornar " que consta do texto original em hebraico ?

Esta expressão foi substituída por : " Restaura as forças de minha alma ". É evidente que isso foi feito para esconder o sentido da Reencarnação que está contido em : " Fará o meu espírito voltar ".

A expressão
"Fará meu espírito retornar" retirada da Bíblias traduzidas mostram a interpolação dos autores
protestantes e católicos com a finalidade de ocultar os ensinos judaicos do Guilgul Neshamot, ou seja, a transmigração da alma que tem o mesmo conceito da reencarnação.


obs. Autor das transliterações dos textos em hebraico ; Prof. David José Perez, Niteroi-RJ, adaptações de outras regras de transliteração , como regras das gramáticas de Gordon Chown, Guilherme Kerr, W. Hollenberg e do Sidur (livros de orações judaicas) organizados por Jairo Fridlin.

1 Comentários:

  • Naf'shi ie'shovev nesse sentido tem mesmo o sentido de refrigerar/renovar as forças filho olha o contexto pastoril filho, coloca as duas interjeições filho e vê qual faz mais sentido e po reencarnação ve o que faz mais sentido, não acredito que tu usou escola rabinica cabalista vei na moral vi todos os hiperlinks quando você googlea na primeira pagina tem a ver ou com espiritismo ou judaismo. Mais pelo contexto da frase o que mais faz sentido, uma simples expressão referente ao renovar das forças ou reencarnação improvavel num contexto totalmente disfuso aonde Israel provavelmente acharia reencarnação coisa de idolatra?

    Por Blogger Luan Anderson, às 27 de junho de 2017 17:09  

Postar um comentário

<< Home