.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

EQUAÇÃO SUPREMA DO UNIVERSO

 
Fernando Rosemberg
Desde tempos longínquos, respeitáveis incrédulos, e materialistas de toda ordem, pretendem retirar Deus da Ordem da Criação; ou seja, querem expressar que o Universo Astronômico (Un.Ast.) é feito apenas e tão somente de Matéria Estelar (Mt.Est.), o que retira, pois, Deus de Sua Criação, e que Tudo, afinal, se resume na seguinte equação matemática:

[( Mt.Est. ) = ( Un.Ast. )]

Ou, noutros termos, o Universo Astronômico é feito de Matéria Estelar, e, vice versa: a Matéria Estelar é o conteúdo mesmo do Universo Astronômico. E, mais ainda, insistem tais céticos que Tudo surge do Nada, ou seja: a Ordem Matemática do Universo Astronômico é fruto do Nada, ou mesmo: do Acaso, que, cá pra nós, trata-se de um Nada, ou, de um Acaso mui inteligente, capaz de engendrar coisas que superam de muito a inteligência humana; mas, se querem pensar como pensam é direito que lhes assiste, pois que, afinal, somos livres pensadores e, como tal, cada qual pensa como quer pensar, refletir, raciocinar.

E, pois, para o ceticismo humano, aquela sua dedução matemática se transmuda para o seu Nadificado Criador, no caso, o Nada, e temos:

[( Nada ) = ( Un.Ast. – Mt.Est. )]

Todavia, nós, os religiosos da filosofia espírita, e que, por conseguinte, admitem a existência de um Criador atuando como a Inteligência Suprema do Universo, nós, e também de modo matemático, adotamos para aquela dedução cética, a seguinte e lógica postura cósmica de uma espécie de Fórmula Suprema do Universo extraída a partir mesmo daquela dedução materialista:

Fórmula Suprema do Universo:

[( Deus ) = ( Un.Ast. – Mt.Est. )]

Ou seja: se retirarmos a Matéria Estelar (M.Est.) do Universo físico e astronômico (Un.Ast.), teremos, como resultado, não o Nada, e sim: Deus, que É o Criador, o Espírito Supremo, ou ainda: o Pai, na felicíssima sentença do Mestre Nazareno; ou, ainda, pela Revelação Espírita: a Inteligência Suprema do Universo; que, repetindo em termos matemáticos, vislumbramos:

[( Deus ) = ( Inteligência Suprema do Universo )]

Ou, doutro modo, e, mais simplesmente ainda:

[( Deus ) = ( Deus )]

Onde e quando, Sendo distinto de Tudo, e, Sendo Único tal como Ele É, deve-se inferir que Deus, de modo matemático, só pode ser igual a Si mesmo, sendo Infinito, conquanto, em Sua Manifestação, estando em mim, em você, e, em tudo o mais. Ora, o Espiritismo, com Kardec, ministra que:

“Deus é a Suprema e Soberana Inteligência. A inteligência do homem é limitada, uma vez que não se pode nem fazer e nem compreender tudo o que existe; a de Deus, abarcando o infinito, deve ser Infinita”. (Vide: “A Gênese” – Allan Kardec – 1868 - Ide).

E conclui Kardec afirmando logo adiante que Deus:

-É Único,
-Eterno,
-Imutável,
-Imaterial,
-Todo Poderoso,
-Soberanamente Justo e Bom, e,
-Infinitamente Perfeito.

Assim: Deus, sendo Um, É também Infinito como se pode constatar, mais uma vez, nesta outra passagem do Codificador que inclui, também, ensinos do Nazareno:

“Achamo-nos, então, constantemente, em presença da Divindade; nenhuma das nossas ações lhe podemos subtrair ao olhar; o nosso pensamento está em contacto ininterrupto com o Seu pensamento, havendo, pois, razão para dizer-se que Deus vê os mais profundos refolhos do nosso coração. Estamos n’Ele, como Ele está em nós, segundo a palavra do Cristo”. (Opus Cit.)

E, se a referida Equação Suprema do Universo, em sua matemática expressão que, por sua vez, envolve uma lógica e evidente retórica filosófica; se referida Equação não é coisa convincente - como sei que não é para os descrentes de todos os tempos - o fato é que a ideia de Deus na humanidade está em todos os seus períodos evolucionários, do selvagem ao homem moderno que sabem, de sua Consciência mesma, de um Ente Criador, pois que: se não damos existência a nós próprios, como Espírito e como homem, então, dita existência - sendo um efeito - implica num Ente Criador que, chamem como queiram chamar, é o Ente Causador de Tudo, do átomo às estrelas, do vírus ao biótipo vegetal, e deste ao animal, ao Homem, ao Arcanjo sideral.

Grande e Forte Abraço:

Fernando Rosemberg Patrocínio:
Fundador de Casa Espírita Cristã, Coordenador de Estudos Doutrinários, Articulista, Palestrante e Escritor de quatro dezenas de e.Books gratuitos em seu blog.


0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home